terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Portugal no Mundo

Fico - ficamos, suponho - satisfeito por ver um Português ganhar a distinção que ontem Cristiano Ronaldo ganhou. Sobretudo um Português que não se pinta como sendo Espanhol e que faz questão de vincar bem as suas raízes.
A Argentina tem o Maradona, e Maradona será para sempre um símbolo daquele país. Também Portugal ficará eternamente "colado" a Cristiano Ronaldo. É uma publicidade ao nosso País que não tem qualquer preço, mas que valerá muito mais do que outras campanhas que se possam tentar fazer.
Mas sejamos justos, e fale-se não só da distinção que Portugal recebeu das mãos da FIFA, mas também daquela que recebeu da presidência do Parlamento Europeu, ao conceder à sua Biblioteca o nome Francisco Lucas Pires.

2 comentários:

Nônô disse...

Que giro! Não sabia. Tens razão! Só se ouve falar do Cristi e claramente a do Parlamento Europeu é uma distinção mais louvável.

AP disse...

Caro ASL, como diz o outro, "neste país de loucos" nada surpreende, vivemos apenas focados no Futevol, é ele que se resume o Orgulho Patriótico, só ele consegue colocar bandeiras à vista e praças inteiras a gritar "Portugal", logo como os media precisam é de audiências têm de agradar à maioria, essa que prefere ver a mãe do Ronaldo ao telefone com o Filho do que uma distinção do Parlamento Europeu!
É o país que temos...

Cumprimentos do Réprobo